26.7.10

A Armadilha

Verónica foge da polícia

Gustavo liberta-se do cativeiro e faz as pazes com Alcino, pondo em prática o plano para se vingar de Verónica. O homem convoca uma reunião dos accionistas da Aromas e revela como Verónica prejudicou a empresa. Assim, Gustavo consegue que a ex mulher seja destituída da presidência. Antes que Verónica tenha tempo de reagir, a polícia é chamada. O delegado Salviano aparece para levar Verónica e o seu comparsa, Roberto, para a esquadra. "Eu tô fora!", avisa o modelo, fugindo a correr do local. Almeida e outros polícias seguem no seu encalço, mas Roberto consegue roubar uma mota e safar-se! Verónica terá sorte diferente e, apesar de tentar a fuga, acaba por ser apanhada e vai parar à cadeia.

 

 

 

Créditos: Activa

link do postPor Muito Mais, às 18:10  comentar

7.3.10

Rose reage, chocada, ao ouvir que Gustavo é o principal suspeito de um assassinato. Entretanto, Alcino vai ao encontro do vilão sem perceber que está sendo seguido. Os capangas de Roberto simulam um acidente. Alcino vai socorrê-los e é atacado. Gustavo chega ao local indicado no mapa, vê os capangas e foge. Verônica quer saber se os capangas que Roberto enviou atrás de Gustavo mandaram notícias.

 

Os capangas de Roberto perseguem Gustavo e o acertam, fazendo-o cair de um penhasco. Alcino sente-se culpado pela suposta morte do amigo. Após buscas frustradas, o delegado diz a Alcino que Gustavo está morto.

Um dos capangas avisa a Roberto que Gustavo está morto e exige que o serviço seja pago. Verônica vibra com a notícia. Mari diz que Alcino deve contar à família de Gustavo o que aconteceu com ele. Adalgisa discute com Julieta e Ferdinando na mesa no jantar. Davi se culpa pela morte de Gustavo. Verônica simula desespero ao saber por Alcino que Gustavo está morto.

Rose fala indignada com Alcino que vai contar à polícia que ele queria sumir com Gustavo. João encontra Gustavo muito ferido 

 

link do postPor Muito Mais, às 10:36  comentar


 
subscrever feeds