15.6.10

Espírito Indomável

Rafael termina noivado

Numa conversa séria com Susana, Rafael diz à noiva que as pessoas casam-se para ser felizes, e se eles discutem tanto não vê motivos para se casarem. A jovem fica sem palavras e vai-se embora amargurada. A jovem não consegue evitar as lágrimas e Tristão apercebe-se. O vaqueiro pergunta à rapariga se quer ajuda mas ela recusa. Mais tarde Susana diz a Rafael que vai para Lisboa. Ele não lhe pede para ficar, mas pede-lhe que lhe perdoe por não querer casar com ela.

Josefa culpa Ambrósio

O facto de Chico ser uma criança mais frágil e com problemas respiratórios, faz com que Ambrósio se sinta diminuído e não perde uma oportunidade para fazer do filho um homem, como ele diz. Desta vez leva o miúdo para o mato com ele, mas quando Chico chega a casa, vem com falta de ar. Josefa culpa o marido pelo facto da criança passar mal e não lhe perdoa.

Beatriz conta verdade a Joana

De regresso a casa, Joana fala com a mãe e pergunta-lhe porque motivo ela não se divorcia do pai, uma vez que já não gosta dele. Exaltada, Beatriz diz à filha que só se divorcia de Joaquim, quando ele lhe der tudo a que ela tem direito, pelo sofrimento que lhe causou. Beatriz acaba por contar a Joana que Teresa era amante do seu pai acrescenta que foi a fugir com ela que aconteceu o acidente onde Constança morreu. Joana pede desculpa à mãe e diz que agora a compreende.

Cláudia vinga-se de Zé

João diz a Cláudia que o melhor é eles terminarem o namoro que vêem mantendo às escondidas, para não criarem problemas. A rapariga mete na cabeça que ele a deixou por causa de Zé e jura vingar-se. Como tal corta-se num braço e vai à esquadra dizer que foi a rival. A polícia vai à quinta de Joaquim e leva Zé para a esquadra para depor.

Eduardo declara-se a Joana

O filho de Rodrigo vai a Lisboa ter com Joana, a filha do rival do pai. Os dois conversam e beijam-se apaixonados. Enquanto passeiam à beira rio, os dois conversam sobre a guerra entre as duas famílias. Joana fica um pouco chateada por ele não ter contado mais cedo que havia sucedido, mas Eduardo declara-se e a jovem abraça-o.

Zé escapa a um atentado

Rafael vai buscar dois cavalos para ajudar Zé no trabalho. O jovem monta o cavalo mas acaba por cair. A rapariga fica preocupada e pergunta-lhe se ele quer ir ao hospital. A noiva do jovem aparece bastante aflita e começa a disparatar com Zé. Esta não lhe liga e descobre que a cela foi cortada, deixando-a alarmada. Aquele cavalo é o que ela costuma montar e alguém lhe queria fazer mal.

 

link do postPor Muito Mais, às 16:03  comentar

11.4.10

 

Leonor é filha de pai incógnito
A possibilidade de Humberto ser pai de Leonor tem deixado a bióloga num estado de preocupação tal que nem tem coragem de ir buscar os resultados de ADN. Mas assim que os vê, a história complica-se. Os exames dizem que nem o mordomo nem Tomás, o único homem a quem a jovem trata por pai, é seu progenitor biológico. A rapariga fica devastada mas diz a Tomás que sempre o considerará seu pai, mesmo depois dele ter sido tantas vezes injusto com ela. Os dois emocionam-se e na cama de hospital o banqueiro garante-lhe que vai tentar recuperar a saúde. Mais tarde Leonor fala com Humberto e revela-lhe que ele também não é seu pai. O mordomo que estava convencido que a jovem era sua filha fica devastado com a novidade e diz-lhe que perdeu a única coisa que possuía. Leonor tenta acalmá-lo e sincera agradece toda o carinho e amizade que lhe tem demonstrado ao longo de tantos anos. Porém toda esta verdade deixa Leonor cheia de dúvidas: afinal que será seu pai verdadeiro?

 

link do postPor Muito Mais, às 14:50  comentar

7.3.10

Para conseguir participar no concurso, Ana consegue um atestado a justificar que está bem de saúde contudo na hora que está a exibir-se perante Zé Milho e os restantes professores, caí e sofre nova lesão. A dor é tal que a jovem desmaia e é levada pela ambulância para o hospital.

Créditos:  morangos logo

link do postPor Muito Mais, às 11:01  comentar

19.9.09

 

Thai salva Margarida. Ao ver a mãe de Leonor coberta de sangue e com pedaços de vidro na mão, a macaense julga que a ex-bailarina está a tentar matar-se e evita o pior

thai ajuda Margarida

Na academia de ballet, Margarida vai à sala de ensaios para ir buscar as suas coisas. Porém assim que vê uma foto de Rute e num gesto de raiva rasga-a. Exausata e a sofrer, deixa-se cair no chão a chorar de dor. Quando se está a levantar apoia-se na barra, que cai e acaba por partir o espelho. Margarida fica no chão a chorar, até que Thai entra e vê a mãe de Leonor coberta de sangue. A jovem corre para ela e tira-lhes os vidros da mão. Thai, depois de tanto lutar para se manter vida, ao ver que alguém quer tirar a própria vida, começa a chora compulsivamente e Margarida num gesto maternal abraça-a. As duas choram. Leonor chega entretanto e assim que Margarida fica mais calma, leva-a para o hospital.


Mais tarde Thai conversa com Manuel e explica-lhe que Margarida perdeu as esperanças e é infeliz porque não tem nada a que se dedicar. As palavras de Thai surpreendem Manuel que pela primeira vez percebe o desespero da mulher.

link do postPor Muito Mais, às 00:34  comentar

16.9.09

Violeta suicida-se

Violeta suicida-se

A vilã volta para Caramirim, para recuperar o ouro e tenta sequestrar o neto, Marquinho, mas é travada a tempo por Alcides e Waldete, com quem tem um confronto violento. Violeta vai parar ao hospital, onde Suzana lhe diz que nunca a irá amar como uma mãe. Devastada, Violeta foge e atira-se do alto de um penhasco.

link do postPor Muito Mais, às 11:15  comentar

31.8.09

 

Isabel é atropelada. Depois de ver Duarte beijar Inês, a mulher do gestor fica atordoada e no impulso de confrontar o marido, não repara num carro e é atropelada

Isabel apanha duarte com Inês, e acaba por ser atropelada por Eusébio quando atravessa a estrada para confrontar o marido e a amnate.

Inês almoça com Duarte e o casal conversa alheio ao que se passa do outro lado da rua. Isabel que está com Bárbara e Eusébio repara que o marido está no restaurante e apanha-o a trocar um beijo com Inês. Atordoada e com os nervos à flor da pele, Isabel atravessa a estrada para ver melhor e, sem perceber que um carro se aproxima, é atropelada. Eusébio ainda consegue minimizar o impacto mas Isabel fica desmaiada no chão. Duarte e Inês apercebem-se do acidente e ficam em choque. Eusébio e Isabel vão para o hospital

link do postPor Muito Mais, às 23:35  comentar