11.4.10

 

Leonor é filha de pai incógnito
A possibilidade de Humberto ser pai de Leonor tem deixado a bióloga num estado de preocupação tal que nem tem coragem de ir buscar os resultados de ADN. Mas assim que os vê, a história complica-se. Os exames dizem que nem o mordomo nem Tomás, o único homem a quem a jovem trata por pai, é seu progenitor biológico. A rapariga fica devastada mas diz a Tomás que sempre o considerará seu pai, mesmo depois dele ter sido tantas vezes injusto com ela. Os dois emocionam-se e na cama de hospital o banqueiro garante-lhe que vai tentar recuperar a saúde. Mais tarde Leonor fala com Humberto e revela-lhe que ele também não é seu pai. O mordomo que estava convencido que a jovem era sua filha fica devastado com a novidade e diz-lhe que perdeu a única coisa que possuía. Leonor tenta acalmá-lo e sincera agradece toda o carinho e amizade que lhe tem demonstrado ao longo de tantos anos. Porém toda esta verdade deixa Leonor cheia de dúvidas: afinal que será seu pai verdadeiro?

 

link do postPor Muito Mais, às 14:50  comentar