21.5.09

Vanda vê Raul e corre ao seu encontro, a irmã de Dora joga-se nos braços do amado e beija-o com paixão. Dora e Mário ficam perplexos.  O amigo de Amélia explica a Vanda  que gostou muito da tarde que passou com ela, mas que não quer ser precipitado, por isso ainda é cedo para namorarem. Vanda fica triste, mas Raul pede-lhe que seja paciente.

Vanda chora desesperadamente porque sente-se rejeitada. Dora, Sandra e Aurora aconselham-na e consolam-na.

Mário pergunta ao amigo se gosta de Vanda, e este diz-lhe que não.
link do postPor Muito Mais, às 00:17  comentar